Enzyme Finance, anteriormente denominado Melon Protocol, é um protocolo desenvolvido no Ethereum (ETH) que permite aos usuários criar, gerenciar e investir em veículos de gerenciamento de criptoativos personalizados.

Enzyme Finance, anteriormente denominado Melon Protocol, é um protocolo desenvolvido no Ethereum (ETH) que permite aos usuários criar, gerenciar e investir em veículos de gerenciamento de criptoativos personalizados.

A Enzyme visa descentralizar a gestão de ativos tradicional, um campo que é historicamente o domínio de consultores financeiros profissionais e empresas. A ideia é que a MLN pode diminuir as barreiras de entrada para gerenciamento de ativos, abrindo acesso a mais consumidores globais.

Por exemplo, fundos administrados normalmente exigem um valor mínimo de investimento e taxas de administração, o que pode colocar essas ferramentas de geração de renda fora do alcance dos consumidores médios.

Ainda mais fora de alcance está sua capacidade de criar fundos de gestão de ativos, o que hoje requer capital substancial e consultoria jurídica. Além disso, pode levar anos para arquivar documentos de um fundo.

Enzyme visa criar um sistema alternativo. Através do portal do projeto, os usuários podem investir em fundos e carteiras lançadas por outros usuários, e outros usuários podem investir em suas criações. O protocolo Enzyme Finance usa a criptomoeda MLN para executar várias operações na plataforma.

A Enzyme mantém os usuários da plataforma atualizados sobre o status de seu roteiro através de seu site oficial.

Quem Criou o Enzyme Finance?

O que é Enzyme Finance (MLN)?

A Enzyme Finance, antiga Melon, foi construída pela Melonport, uma empresa privada fundada em 2016 por Mona El Isa, ex-vice-presidente da Goldman Sachs, e o matemático Rito Trinkler.

Entre 2017 e 2018, 1.250.000 criptomoedas foram criadas e distribuídas pela empresa, com sede na Suíça. Melonport arrecadou $2,9 milhões por meio de uma oferta inicial de moedas (ICO) em 2017.

Em 2019, após entregar a primeira versão do protocolo Enzyme Finance, a Melonport dissolveu e passou sua gestão para o Melon Council, uma organização autônoma descentralizada (DAO).

O Melon Council agora é operado por meio de um sistema de contratos inteligentes que permite aos usuários da MLN convidar novos membros, atualizar o protocolo e alterar seus parâmetros. Sua atribuição é preservar a integridade da rede, potencializar a adoção e promover a inovação em seu ecossistema.

Por que o Enzyme Finance (MLN) tem Valor?

A criptomoeda MLN é usada para executar operações de fundos e para votar nas políticas de software do protocolo, como sua taxa de inflação. As operações do fundo podem incluir custos de transação ou taxas de desempenho e gestão.

Um total de 1.250.000 moedas MLN foram criadas e distribuídas durante o período de contribuição e, a cada ano, um valor fixo de 300.600 MLN é minerado.

Notavelmente, o protocolo implementa um modelo de compra e queima para incentivar o uso de MLN.

Como as taxas de rede são pagas em ETH, o DAO converte a ETH coletada em MLN e queima as moedas, efetivamente removendo-as de circulação.

Isso cria uma pressão ascendente sobre o preço e pode tornar as moedas MLN mais valiosas a longo prazo.

Preço MLN

Por que Devo Usar Enzyme Finance (MLN)?

Com o objetivo de preencher a lacuna entre as empresas de gestão de ativos e os investidores, a Enzyme Finance é uma experiência inovadora na aplicação de criptomoeda às finanças tradicionais.

Você pode estar interessado em usar a tecnologia da Enzyme se quiser criar um fundo totalmente auditado e transparente no blockchain.

Você também pode usar o Enzyme Finance para investir sem conhecer ou confiar que um gestor de fundos administrará seu dinheiro, pois os gestores estão vinculados a contratos inteligentes específicos da Enzyme.

Os investidores podem querer adicionar moedas MLN ao seu portfólio se acreditarem que os investidores continuarão a usar a plataforma e que ela passará a desempenhar um papel mais importante na gestão de ativos criptográficos.

Como Funciona o Enzyme Finance?

Enzyme Finance é uma coleção de contratos inteligentes cujo cálculo é executado pelo blockchain Ethereum.

Devido a esse design, as taxas de transações são pagas em Ether. Essas taxas cobrem o custo de uso do poder de computação da Ethereum e do software da Enzyme.

O protocolo em si, consiste em duas camadas, uma camada de fundo e uma camada de infraestrutura, e vem com sua própria biblioteca Javascript que habilita o suporte do navegador da web.

A Camada de Fundo

A camada de fundo é onde os usuários iniciam e controlam os fundos em que outros usuários podem investir.

Cada fundo contém duas partes:

  • O Hub — O Hub é considerado a parte central da camada de fundos, pois fornece todas as ferramentas necessárias para configurar um fundo e rastreia os componentes que compõem os fundos.
  • The Spokes — Os Spokes usam contratos inteligentes para definir os fundos, que são criados por cada gestor de fundos e contribuem com serviços específicos para o fundo.

Os exemplos incluem o Vault, um componente usado para armazenar tokens em nome dos fundos, e as Ações, um componente que rastreia a propriedade do fundo.

A Camada de Infraestrutura

A camada de infraestrutura é controlada pelo Melon Council, o DAO da Enzyme.

Alguns exemplos de contratos de infraestrutura incluem:

  • O contrato de ‘adaptador’ — que vincula certos ativos a feeds de preços para negociação.
  • O contrato de ‘motor’ — que compra MLN para ETH para ajudar a pagar por cálculos.
  • O contrato de ‘fonte de preço’ — que fornece informações gerais necessárias para as ações nos fundos.
Atualizado em by Forex Digital
Registro Rápido

A Exnova oferece uma plataforma única para seus traders. A estrutura é clara e transparente.

89%
Pontuação de Confiança

Ganhe $10.000 Virtuais Ilimitados! Depósito Inicial Não é Necessário.

icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Risco de Perda de Capital
Pontuação de Confiança
Enzyme Finance, anteriormente denominado Melon Protocol, é um protocolo desenvolvido no Ethereum (ETH) que permite aos usuários criar, gerenciar e investir em veículos de gerenciamento de criptoativos personalizados.
banner image