No Victory Park, o enorme complexo memorial de Moscou dedicado à derrota da Alemanha nazista pela União Soviética, acaba de ser inaugurada uma nova exposição ao ar livre que nada tem a ver com a Segunda Guerra Mundial. Os russos expuseram equipamento militar ocidental capturado ou destruído na Ucrânia, escreve a BBC. Considerados “troféus de


No Victory Park, o enorme complexo memorial de Moscou dedicado à derrota da Alemanha nazista pela União Soviética, acaba de ser inaugurada uma nova exposição ao ar livre que nada tem a ver com a Segunda Guerra Mundial. Os russos expuseram equipamento militar ocidental capturado ou destruído na Ucrânia, escreve a BBC.

Equipamento militar ocidental capturado pelos russos na Ucrânia, em exposição em Moscou.  Foto: Imagens Profimedia

Considerados “troféus de guerra”, os russos decidiram exibi-los antes de 9 de maio. Entre os “troféus” exibidos pelos russos está um veículo de apoio tático Husky do Exército Britânico que foi doado à Ucrânia. Seu para-brisa está crivado de balas.

Perto dali, os russos podem ver tanques ocidentais que foram transferidos para o exército ucraniano, como um tanque americano Abrams que foi danificado no campo de batalha ou um tanque Leopard alemão, também danificado.

Ao lado dos carros blindados e tanques alemães destruídos, os russos escreveram: “A história se repete”.

As autoridades russas querem que o público acredite que a guerra na Ucrânia e a Segunda Guerra Mundial têm um denominador comum: a Rússia é a vítima, atacada por inimigos no estrangeiro. Na realidade, as duas guerras são muito diferentes. Em 1941, a Alemanha invadiu a Rússia. Em 2022, a Rússia lançou uma invasão em grande escala da Ucrânia.

Sob a luz do sol, os russos se aglomeram em torno de equipamentos militares para tirar fotos.

“É incrível. Atraente”, diz Natalya, que está aqui com o marido e a filha pequena.

“É incrível pensar que nossos meninos conseguiram esses troféus.”

Mais de 30 veículos blindados foram exibidos. Para as autoridades russas, esta exposição tem vários objectivos principais.

A primeira é reforçar a narrativa do Kremlin de que, na Ucrânia, a NATO – e o Ocidente como um todo – está a travar uma guerra contra a Rússia. O objectivo é demonizar ainda mais o Ocidente nas mentes dos russos.

Na realidade, a Rússia invadiu a Ucrânia: algo que os líderes ocidentais instaram Moscovo a não fazer. Foi decisão pessoal do Presidente Vladimir Putin lançar o que a Rússia ainda chama de “operação militar especial” na Ucrânia.

Com suprimentos de armas e munições, o Ocidente saiu em defesa de Kiev. Não pretende destruir a Rússia, apesar do que as autoridades russas possam afirmar.

Depois, há o simbolismo histórico.

Neste momento, o Victory Park está repleto de bandeiras vermelhas comemorando o próximo Dia da Vitória, o feriado nacional de 9 de maio que marca a derrota de Hitler.

A localização desta exposição (um memorial da Segunda Guerra Mundial) e o momento (antes do Dia da Vitória) contribuem para outra narrativa oficial mencionada anteriormente: aquela que afirma uma ligação entre a Segunda Guerra Mundial e a guerra na Ucrânia.

Mas há também um grande elemento de alegria nesta exposição. Quanto à guerra na Ucrânia, os russos parecem cada vez mais confiantes, apesar do recente pacote de 61 mil milhões de dólares para Kiev. Moscovo acredita que agora tem a iniciativa no campo de batalha.

A principal mensagem da Rússia está escrita em uma grande placa ao lado dos troféus de guerra, que diz: “Nossa vitória é inevitável”.

Editor: RK

Atualizado em by Tama Grisby
Registro Rápido

Negociação de moedas, metais, petróleo, criptomoedas, conta demo com $10.000.

92%
Pontuação de Confiança

Ganhe $10.000 Virtuais Ilimitados! Depósito Inicial Não é Necessário.

icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Risco de Perda de Capital
Pontuação de Confiança
No Victory Park, o enorme complexo memorial de Moscou dedicado à derrota da Alemanha nazista pela União Soviética, acaba de ser inaugurada uma nova exposição ao ar livre que nada tem a ver com a Segunda Guerra Mundial. Os russos expuseram equipamento militar ocidental capturado ou destruído na Ucrânia, escreve a BBC. Considerados “troféus de
banner image