Pagamentos e Moedas Digitais

pagamentos-e-moedas-digitais

No artigo anterior, O que é dinheiro?, rastreamos as origens do dinheiro como uma solução para os muitos desafios apresentados por um sistema básico de troca.

Começando como mercadorias de valor universal e passando para as moedas fiduciárias que conhecemos hoje, o dinheiro ainda não terminou de evoluir.

Com o surgimento de novas tecnologias e inovações, o digital cash parece ser a próxima manifestação desse conceito. No entanto, antes de falarmos sobre dinheiro eletrônico ou criptomoedas, devemos primeiro explorar o mundo dos cartões de crédito, compras online e pagamentos móveis.

Pagamentos Digitais

O Que São Carteiras de Moedas Digitais?

Assim como o papel-moeda substituiu a necessidade de manter mercadorias específicas, a digitalização das transações também substituiu a necessidade de manter quaisquer notas bancárias.

Vamos ilustrar isso com um exemplo simples. Imagine que você entra em uma loja para comprar uma garrafa de água. Em um sistema de troca, você apresentaria ao vendedor um item de sua propriedade e esperaria que ele o desejasse.

Obviamente, pagar em moeda local é muito mais eficiente. No entanto, existe um método ainda mais fácil que ignora totalmente o uso de dinheiro, registrando sua transação por meio eletrônico.

A maioria das pessoas hoje tem a grande maioria de seu dinheiro economizado em um banco ou alguma forma de instituição financeira.

Visto que esse dinheiro não está fisicamente em sua posse, a única coisa que prova que você ainda possui esses fundos é um registro meticulosamente documentado e mantido pelo banco.

Inicialmente, esses registros tinham que ser fisicamente anotados em grandes cadernos ou livros, com novos lançamentos adicionados manualmente cada vez que você movimentava seu dinheiro.

Hoje em dia, os computadores e a Internet simplificaram e automatizaram esse processo drasticamente.

Praticamente toda loja ou comerciante hoje tem algum tipo de sistema de point of sale (POS) que está diretamente conectado ao seu banco.

Os clientes, por outro lado, possuem cartões de crédito ou débito que fazem interface com esses sistemas para acionar automaticamente as deduções ou acréscimos corretos que devem ser aplicados na conta de cada parte.

Assim, dinheiro ou dinheiro físico não são mais necessários. Além disso, a Internet deu origem ao e-commerce, empresas (com ou sem lojas físicas) que conduzem seus negócios online.

Pense na Amazon, eBay ou Alibaba. Com o clique de um botão, seus fundos são automaticamente transferidos para o vendedor e os produtos desejados são enviados para sua casa.

Da mesma forma, as tecnologias de internet móvel e sem fio galvanizaram ainda mais a adoção de transações digitais. Agora existe uma variedade de aplicativos que podem ser facilmente conectados ao seu banco para ajudar a facilitar as compras ou transferir fundos instantaneamente para amigos.

Na verdade, países como a China usam quase exclusivamente super apps como WeChat ou Alipay para lidar com quase tudo, desde pedir um táxi até fazer pagamentos de serviços públicos.

Moedas Digitais

Qual a Diferença entre Moeda Digital e Criptomoeda?

Moedas digitais, também conhecidas como dinheiro digital, dinheiro eletrônico e uma variedade de outros apelidos, são o próximo e atual passo na evolução do dinheiro.

Embora, na prática, sejam semelhantes aos pagamentos eletrônicos, eles não têm nem representam qualquer forma de dinheiro físico.

Em outras palavras, onde os pagamentos digitais são um método de registro eletrônico da transferência da propriedade de fundos físicos, as moedas digitais só existem na forma eletrônica.

Por serem fisicamente intangíveis, as transações só podem ocorrer por meio de computadores com acesso à Internet ou a qualquer outra rede de destino.

As moedas físicas, por outro lado, não só podem ter suas transações registradas eletronicamente, mas também podem ser trocadas fisicamente. Além disso, as moedas digitais não são consideradas com curso legal e, como tal, seus usos costumam ser restritos a certas comunidades limitadas. Embora nos últimos tempos, a aceitação dessas moedas esteja se tornando muito mais generalizada.

Criptomoedas

Alguns dos benefícios associados às moedas digitais, ou sua variação mais notável, as criptomoedas, incluem descentralização, transparência e custos mais baixos.

Por que as criptomoedas foram criadas? Como eles podem ter valor se não existem fisicamente? Como exatamente elas diferem das moedas fiduciárias? A resposta a todas essas perguntas (requer) uma análise mais aprofundada e um mergulho profundo no tópico de criptomoedas e blockchain, a tecnologia que sustenta este conceito moderno. Esse é um tópico que exploraremos com mais detalhes.

5/5 - (5 votes)

Posts Relacionados

error: