Por que a Samsung precisa da Apple para validar smartphones dobráveis

Por que a Samsung precisa da Apple para validar smartphones dobráveis

Nos últimos anos, vários designs dobráveis ​​visaram capturar uma parcela considerável do mercado de telefonia móvel nesta categoria. No entanto, apesar de seu potencial, a participação de mercado dos dobráveis ​​permaneceu em um dígito inferior em comparação com os designs não dobráveis.

A posição dominante da Apple na indústria de smartphones, especialmente no segmento de ponta, onde a gigante da tecnologia ainda não se aventurou no espaço dobrável, atribui-se em parte aos desafios que os telefones dobráveis ​​enfrentam para obter uma ampla adoção pelo consumidor.

Os primeiros gadgets dobráveis ​​eram mais um truque do que uma escolha atraente para a maioria das pessoas e tinham um alto preço premium.

Agora, a indústria pode ter chegado a um ponto de virada com o lançamento do novo Samsung Galaxy Z Flip5 e Z Fold5 no evento Galaxy Unpacked da semana passada em Seul, Coréia, e a disponibilidade de outros produtos constantes como o Google Pixel Fold.

Novo design de dobradiça

Detalhes específicos das especificações dos novos smartphones Samsung Galaxy estão disponíveis online, então faz pouco sentido para mim me debruçar sobre velocidades e feeds. Inúmeras revisões estarão, sem dúvida, disponíveis nas próximas semanas.

O que diferencia esses novos dobráveis ​​é o design atualizado da dobradiça – uma fraqueza crítica nos modelos legados – e a tela. Esses avanços transformam os dispositivos em gadgets inteligentes planos e elegantes, não se parecendo mais com smartphones volumosos que são difíceis de guardar no bolso.

Fator de forma Samsung Galaxy Z Flip5

Apresentando um design de dobradiça atualizado e tela elegante, o novo Galaxy Z Flip5 dobrável da Samsung se transforma de um smartphone volumoso em um gadget fino e de bolso. (Crédito da imagem: Samsung)


Fique atento a essas iterações para aumentar o apelo do consumidor, especialmente para empresários que compram dispositivos premium.

Experiência de usuário aprimorada

Os dispositivos dobráveis ​​oferecem inúmeros benefícios aos usuários, principalmente por meio de sua capacidade de explorar vários monitores, aprimorando a experiência geral do usuário. Particularmente para aqueles que procuram capacidades genuínas de multitarefa, a conveniência de ter vários aplicativos abertos simultaneamente é um ponto-chave de venda desses gadgets.

Samsung Galaxy Fold5

O Galaxy Z Fold5 possui uma tela grande e imersiva e uma barra de tarefas aprimorada que permite produtividade dinâmica, permitindo que os usuários alternem rapidamente entre aplicativos usados ​​com frequência. (Crédito da imagem: Samsung)


A utilização dos recursos desses dispositivos tornou-se significativamente mais simples, graças às interfaces de usuário aprimoradas e experiências aprimoradas alimentadas por recursos avançados de IA executados nos novos e potentes processadores Qualcomm integrados a esses dispositivos.

Essa integração perfeita de tecnologia de ponta facilita a assistência a bordo, tornando a curva de aprendizado muito menos árdua para os usuários.

Desafios de mercado

O desafio de participação de mercado para esses gadgets reside em seus preços premium, geralmente superiores a US$ 1.700. No entanto, a tendência predominante de comprar telefones acima de US$ 1.000, mesmo que afaste os compradores preocupados com os custos, indica uma mudança no comportamento do consumidor.

Devido a esses fatores, esta geração de dispositivos possui um apelo consideravelmente maior para uma gama mais ampla de usuários do que seus antecessores. O fator de acessibilidade também melhorou significativamente, tornando-os mais acessíveis a um mercado consumidor maior.

A Samsung pode mudar o mercado sozinha?

Com isso em mente, não acredito que os dobráveis ​​desafiem a supremacia do típico smartphone plano e sofisticado. Na minha opinião, eles não são a escolha ideal para todos os usuários.

No entanto, podemos estar em um ponto em que um quarto do mercado geral estará bastante interessado nesses gadgets, especialmente aqueles interessados ​​nas vantagens de um design “dobrável e flexível”.

Dada a preferência por aparelhos telefônicos premium e a capacidade das operadoras de tornar a compra menos dolorosa por meio de programas de subsídios ao cliente, pode levar pelo menos alguns anos e talvez mais uma ou duas gerações de dobráveis ​​para alcançar maior penetração na participação de mercado.

Ainda assim, suspeito que veremos uma aceitação significativa de dispositivos dobráveis. Dado que a Samsung atualmente detém uma posição dominante no mercado de dispositivos baseados em Android, ela deve manter uma posição de liderança no mercado de dobráveis.

Apple é o curinga no concurso de dobráveis

No mundo acelerado da tecnologia de smartphones, a inovação é a chave para o sucesso.

Entre os avanços mais recentes está o smartphone dobrável, que é uma grande promessa, mas ainda não alcançou a aceitação geral.

A Samsung, pioneira no desenvolvimento de dispositivos dobráveis, precisa que a Apple, sua maior concorrente, anuncie um smartphone dobrável para legitimar esse fator de forma exclusivo para o público consumidor mais amplo.

Embora a Apple possa ser uma retardatária na categoria de dobráveis, os modelos de uso que ela cria definirão o tom da indústria.

Historicamente, os lançamentos de produtos da Apple influenciaram profundamente as tendências do consumidor e orientaram a direção de toda a indústria. Quando a Apple entrar no mercado de dobráveis, terá um impacto perceptível na legitimação do mercado e será um divisor de águas.

A capacidade da Apple de atingir milhões de clientes leais e gerar uma atenção sem precedentes da mídia sem dúvida traria o conceito de smartphones dobráveis ​​para o mainstream.

Uma vez que a Apple adotar o fator de forma dobrável, os consumidores que podem ter sido céticos ou hesitantes em adotar novas tecnologias estarão mais inclinados a explorar os potenciais benefícios e funcionalidades dos dispositivos dobráveis. A percepção do “truque” provavelmente se dissipará.

Além disso, a entrada da Apple no segmento de smartphones dobráveis ​​aumentará a confiança do consumidor, atenuando a percepção de que os designs de dobradiças podem facilmente sofrer quebras ou danos. A reputação da Apple de produtos de alta qualidade e experiência de usuário excepcional inspirará confiança nas mentes dos compradores em potencial.

Como os smartphones dobráveis ​​são um conceito relativamente novo, surgiram preocupações sobre durabilidade e longevidade. O selo de aprovação da Apple e suas meticulosas medidas de controle de qualidade garantirão aos consumidores que os smartphones dobráveis ​​são confiáveis ​​e prontos para o uso diário, incentivando-os a mergulhar nesta tecnologia de ponta.

Vantagem do ecossistema da Apple

A integração do ecossistema será um vento favorável significativo caso a Apple entre no mercado de smartphones dobráveis. A introdução de um smartphone dobrável pela Apple levaria a um ecossistema mais robusto que se estende além dos smartphones para iPads, MacBooks e outros dispositivos da Apple.

Essa abordagem holística criaria novas possibilidades para os desenvolvedores otimizarem seus aplicativos para telas dobráveis, enriquecendo assim a experiência geral do usuário.

Como resultado, os consumidores encontrariam valor agregado no fator de forma dobrável e seriam mais propensos a adotá-lo.

Dobrando o futuro: um novo capítulo na inovação de smartphones

A Samsung e a Apple há muito se envolvem em uma competição acirrada, pressionando uma à outra para inovar na indústria de smartphones.

O anúncio da Apple de um smartphone dobrável levaria a Samsung a melhorar seu jogo, levando a avanços mais rápidos na tecnologia dobrável, beneficiando os consumidores com dispositivos ricos em recursos.

Uma entrada da Apple no mercado de smartphones dobráveis ​​aumentaria a demanda, atraindo mais fabricantes e desenvolvedores, resultando em uma gama mais ampla de dispositivos e aplicativos dobráveis.

À medida que o mercado amadurece, os custos provavelmente diminuirão, tornando os smartphones dobráveis ​​mais baratos e acessíveis a um público mais amplo.

A Samsung merece crédito pelo trabalho de seu funcionário na criação de modelos de uso atraentes que exploram a dinâmica multitelas de seus novos designs dobráveis. O novo recurso Flex Window do telefone Galaxy Z Flip5 oferece verdadeira conveniência e inovação quando os usuários o sustentam de várias maneiras.

O efeito Apple no sucesso dos dobráveis ​​Samsung

No entanto, a empresa provavelmente não receberá o crédito que merece quando a Apple lançar seu design dobrável com recursos presumivelmente igualmente atraentes. Essa dinâmica deve ser extremamente frustrante para a Samsung, dada a capacidade da Apple de capturar a imaginação do público comprador de tecnologia, mesmo quando a Apple está atrasada para o mercado.

Independentemente disso, a Samsung precisa que a Apple anuncie um smartphone dobrável para legitimar esse fator de forma para o público consumidor mais amplo devido ao papel influente da Apple em moldar as tendências do mercado, aumentar a confiança do consumidor, integração do ecossistema, impulso competitivo e promover o crescimento e a maturidade do mercado.

Embora a Samsung esteja na vanguarda do desenvolvimento de dispositivos dobráveis, a entrada da Apple nesse segmento beneficiaria significativamente toda a indústria. A relação simbiótica entre os dois gigantes da tecnologia pode revolucionar o cenário dos smartphones e levar a adoção de smartphones dobráveis ​​a novos patamares.

Embora seja improvável que a Apple anuncie um design dobrável este ano, quando atualizar sua linha de smartphones em setembro, a Samsung pode estar desejando que sim.