Prefeito de Kyiv admite que pode ser 'o pior inverno desde a Segunda Guerra Mundial'

Prefeito de Kyiv admite que pode ser 'o pior inverno desde a Segunda Guerra Mundial'

O autarca de Kyiv, Vitali Klitschko, afirmou esta quarta-feira que a capital ucraniana vive “o pior inverno desde a Segunda Guerra Mundial” na sequência dos ataques da Rússia às infraestruturas energéticas do país.

Em entrevista ao jornal alemão Bild, o autarca alertou que os cidadãos devem estar preparados para o “pior cenário” de cortes maciços de energia nas baixas temperaturas que caracterizam os invernos na Ucrânia. Se isso acontecer, o responsável reconheceu que partes da capital poderão ser evacuadas.

“Também precisamos nos preparar para o pior cenário. Isso pode acontecer se houver uma grande queda de energia e as temperaturas ficarem ainda mais frias. Então parte da cidade terá que ser evacuada, mas nós não “Eu não quero que isso aconteça. Se chegar a isso”, explicou.

Klitschko acusou Putin de tentar intimidar as pessoas para que deixassem a cidade bombardeando a infraestrutura civil.

“Putin quer aterrorizar pessoas, faça-as congelar, sem luz. Mas não vai. Minha impressão é que as pessoas só vão ficar mais raivosas, mais decididas. Não vamos morrer ou correr como quer Putin”, concluiu.

Rate this post

Posts Relacionados

Deixe um comentário

error: