O Brasil comprará o radar multimissão Ground Master 200 da Thales para proteger seu espaço aéreo. O Departamento de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (DECEA) irá adquirir o Radar Multimissão Ground Master 200 (GM200 MM/A) da Thales para proteger o espaço aéreo brasileiro. As Forças Armadas do Brasil estão empreendendo ativamente vários projetos de modernização

O Brasil comprará o radar multimissão Ground Master 200 da Thales para proteger seu espaço aéreo.

O Departamento de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (DECEA) irá adquirir o Radar Multimissão Ground Master 200 (GM200 MM/A) da Thales para proteger o espaço aéreo brasileiro.

As Forças Armadas do Brasil estão empreendendo ativamente vários projetos de modernização, incluindo a atualização de veículos blindados e a expansão de sua encomenda de caças.

“A aquisição e incorporação dos novos radares GM200 MM/A no 1º Grupo de Comunicações e Controle contribuirá significativamente para o aprimoramento da vigilância e segurança na navegação aérea, garantindo pronta resposta para a defesa aérea do país”, disse o Major Brigadeiro Alexandre Arthur Massena Javoski, Presidente da Comissão de Implementação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo – CISCEA.

O GM200 MM/A é um sistema de radar altamente móvel, capaz de ser implantado por duas pessoas em 15 minutos, de acordo com um comunicado da Thales em 17 de junho de 2024. Projetado tanto para consciência situacional em vigilância aérea quanto para operações de defesa aérea baseadas em solo, o GM200 MM/A pode detectar uma variedade de ameaças, incluindo pequenos sistemas aéreos não tripulados (UAS) e objetos mais rápidos a grande distância.

O GM200 MM/A é transportável por estrada, barco, trem, helicóptero ou transporte aéreo tático, pois cabe dentro de um único contêiner ISO de 20 pés e pesando menos de 10 toneladas.

“A alta mobilidade desses radares, aliada à capacidade de detectar as mais modernas ameaças, demonstra o compromisso da Força Aérea Brasileira com a soberania nacional”, acrescentou Javoski.

Eric Huber, vice-presidente de radares de superfície da Thales, expressou orgulho em contribuir com a missão de vigilância aérea e soberania aérea da FAB, e destacou excelentes conexões entre a Thales, por meio da Omnisys, parte da rede internacional do Grupo Thales para vigilância do espaço aéreo e radares de controle, que instalou mais de 100 radares de controle de tráfego aéreo.

“Nosso compromisso com a excelência, tecnologia de ponta e serviços locais premium reforçam nossa dedicação em atender às necessidades de vigilância aérea da FAB hoje e no futuro”, disse Huber.

A quantidade de sistemas adquiridos para a Força Aérea Brasileira (FAB), a previsão de entrega e o custo não foram divulgados.

Num acordo recente com a Thales, de abril de 2024, o governo holandês adquiriu sete radares GM200 MM/C, somando-se aos nove que já havia adquirido em 2019, e foram revelados em março de 2024.

Reportagem adicional de Harry McNeil.

Fonte: Tecnologia da Força Aérea

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
O Brasil comprará o radar multimissão Ground Master 200 da Thales para proteger seu espaço aéreo. O Departamento de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (DECEA) irá adquirir o Radar Multimissão Ground Master 200 (GM200 MM/A) da Thales para proteger o espaço aéreo brasileiro. As Forças Armadas do Brasil estão empreendendo ativamente vários projetos de modernizaçãoLoading...
Atualizado em by Darragh Roche
O Brasil comprará o radar multimissão Ground Master 200 da Thales para proteger seu espaço aéreo. O Departamento de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (DECEA) irá adquirir o Radar Multimissão Ground Master 200 (GM200 MM/A) da Thales para proteger o espaço aéreo brasileiro. As Forças Armadas do Brasil estão empreendendo ativamente vários projetos de modernização
O Brasil comprará o radar multimissão Ground Master 200 da Thales para proteger seu espaço aéreo. O Departamento de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (DECEA) irá adquirir o Radar Multimissão Ground Master 200 (GM200 MM/A) da Thales para proteger o espaço aéreo brasileiro. As Forças Armadas do Brasil estão empreendendo ativamente vários projetos de modernização
O Brasil comprará o radar multimissão Ground Master 200 da Thales para proteger seu espaço aéreo. O Departamento de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (DECEA) irá adquirir o Radar Multimissão Ground Master 200 (GM200 MM/A) da Thales para proteger o espaço aéreo brasileiro. As Forças Armadas do Brasil estão empreendendo ativamente vários projetos de modernização
Registro Rápido

Obtenha um Bônus de 50% agora. Até 90% de lucro em 60 segundos. Conta demo gratuita!!

90%
Pontuação de Confiança

Ganhe $10.000 Virtuais Ilimitados! Depósito Inicial Não é Necessário.

icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Risco de Perda de Capital
Pontuação de Confiança
O Brasil comprará o radar multimissão Ground Master 200 da Thales para proteger seu espaço aéreo. O Departamento de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (DECEA) irá adquirir o Radar Multimissão Ground Master 200 (GM200 MM/A) da Thales para proteger o espaço aéreo brasileiro. As Forças Armadas do Brasil estão empreendendo ativamente vários projetos de modernização
banner image
O Brasil comprará o radar multimissão Ground Master 200 da Thales para proteger seu espaço aéreo. O Departamento de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (DECEA) irá adquirir o Radar Multimissão Ground Master 200 (GM200 MM/A) da Thales para proteger o espaço aéreo brasileiro. As Forças Armadas do Brasil estão empreendendo ativamente vários projetos de modernização
O Brasil comprará o radar multimissão Ground Master 200 da Thales para proteger seu espaço aéreo. O Departamento de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (DECEA) irá adquirir o Radar Multimissão Ground Master 200 (GM200 MM/A) da Thales para proteger o espaço aéreo brasileiro. As Forças Armadas do Brasil estão empreendendo ativamente vários projetos de modernização