Pavlo Sadokha, chefe da União dos Ucranianos em Portugal, anunciou isto no Facebook, informa o Ukrinform. Segundo ele, os activistas protestaram sob os slogans “Comunismo nuca mais!”, “Comunismo – nunca mais!” e "O comunismo é igual ao fascismo!" “Comunistas radicais locais com lêndeas de Moscovo que vivem em Portugal reuniram-se na apresentação. Comportaram-se de forma

Pavlo Sadokha, chefe da União dos Ucranianos em Portugal, anunciou isto no Facebook, informa o Ukrinform.

Segundo ele, os activistas protestaram sob os slogans “Comunismo nuca mais!”, “Comunismo – nunca mais!” e “O comunismo é igual ao fascismo!”

“Comunistas radicais locais com lêndeas de Moscovo que vivem em Portugal reuniram-se na apresentação. Comportaram-se de forma muito agressiva, imitando o fuzilamento de ucranianos quando cantávamos o hino nacional da Ucrânia”, escreveu Sadokha, acrescentando que não há nada de novo em tal comportamento, porque, estes são agressores que querem destruir o mundo.

A União dos Ucranianos em Portugal manifestou em Março indignação com a publicação do livro “A Guerra a Leste”, que promove narrativas pró-Kremlin sobre a guerra da Rússia contra a Ucrânia, e exigiu o fim da sua venda em redes onde filhos de refugiados ucranianos compram livros escolares.

Um apelo à Comissão Nacional Portuguesa para a Promoção dos Direitos e Protecção de Crianças e Jovens afirma que o autor do livro, Bruno Amaral de Carvalho, é conhecido pelos seus relatórios sobre partes da Ucrânia temporariamente ocupadas pelas tropas russas.

Neles, ele justifica os crimes dos russos contra os ucranianos e dá provas falsas de propaganda russa, em particular, no que diz respeito a um ataque aéreo russo ao Teatro Dramático de Mariupol, que matou centenas de mulheres e crianças.

Crédito da foto: Roman Stelmakh/Facebook

Atualizado em by David R Baker
Registro Rápido

Obtenha um Bônus de 50% agora. Até 90% de lucro em 60 segundos. Conta demo gratuita!!

90%
Pontuação de Confiança

Ganhe $10.000 Virtuais Ilimitados! Depósito Inicial Não é Necessário.

icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Pontuação de Confiança
icon Saiba Mais! icon Saiba Mais!
Risco de Perda de Capital
Pontuação de Confiança
Pavlo Sadokha, chefe da União dos Ucranianos em Portugal, anunciou isto no Facebook, informa o Ukrinform. Segundo ele, os activistas protestaram sob os slogans “Comunismo nuca mais!”, “Comunismo – nunca mais!” e "O comunismo é igual ao fascismo!" “Comunistas radicais locais com lêndeas de Moscovo que vivem em Portugal reuniram-se na apresentação. Comportaram-se de forma
banner image